Voltar ao topo

Entrevista: diretor de Zelda II discute o trabalho de produção do game

Tadashi Sugiyama fala sobre os objetivos e as dificuldades que enfrentaram durante o desenvolvimento

Zelda II - The Adventure of Link é um dos jogos que acompanham o Famicom Mini (e NES Classic Edition). Com isso em mente, a Nintendo publicou uma entrevista em seu site japonês com Tadashi Sugiyama, diretor do jogo.

Sugiyama falou sobre como o desenvolvimento começou, de onde o título veio, a dificuldade, e muito mais. A entrevista abaixo foi traduzida do japonês para o inglês e posteriormente do inglês para o português pela equipe do Hyrule Legends.

Q1: [Zelda II: The Adventure of Link], dentro da série Zelda, traz um monte de coisas únicas para ele. Como o desenvolvimento começou?

O desenvolvimento começou com o Sr. Miyamoto dizendo que queria fazer um jogo de ação side-scrolling que faria uso de movimentos para cima e para baixo para ataques e defesa. Está baseado em ações como saltos com golpes, golpes para baixo, movimentos de guarda alta e guarda baixa com o escudo. Tipos de movimentos que não eram possíveis no primeiro jogo. Ao invés de ser uma continuação da série, começa como um novo jogo de ação com espada e escudo. Estavamos experimentando enquanto produzíamos o jogo, nós realmente não tinhamos o sistema do jogo definido em nossas mentes enquanto desenvolvíamos. Quanto a ele ser único dentro da série, estávamos à procura de novas maneiras de jogar, assim você poderia dizer que é como um spin-off. No final de desenvolvimento, decidimos sobre uma história e que Link teria 16 anos de idade, em seguida, anexamos a história [ The Legend of Zelda 2] e lançamos como o segundo jogo da série.

Q2: Como era a sensação de desenvolver jogos naquela época?

Isso foi há 30 anos, então eu não me lembro muito (risada sarcástica). Naquele tempo um jogo era desenvolvido por 10 ou mais pessoas. Quase não é comparável ao tamanho das equipes de desenvolvimento de jogos nos dias de hoje. Eu acho que o tempo de desenvolvimento de [Zelda II: The Adventure of Link] estava nos padrões longo para os jogos da época. Materiais e documentos estavam todos em papel e passava por entre os membros da equipe. Eu sinto a falta desses dias.

Q3: Como o título do jogo surgiu?

Quando se pensa em uma maneira de melhor descrever o conteúdo do jogo, [Zelda II: The Adventure of Link] parecia passar sem oposição ... (esqueci). Para o primeiro títulos usamos [The Legend of Zelda] e os títulos de jogos naquela época que soavam como histórias eram raros, por isso decidimos fazer isso.

Q4: Eu achei as batalhas do jogo extremamente difíceis. Este tipo de nível de dificuldade era normal para os jogadores daquela época?

É difícil? (Risos) A base de jogos de ação naquela época era a sensação de dificuldade para todos. Jogos não tinham uma tonelada de conteúdo naquele tempo, a fim de mante-lo jogado por quanto tempo fosse possível, sentimos como se não pudessemos deixa-lo facilmente ser zerado. Fizemos também muitas vezes a depuração do jogo e uma dificuldade alta era interessante para nós. Uma coisa que me lembro é uma ligação que recebemos de um cliente naquela época. Ele disse que simplesmente não conseguia vencer o chefe final. Nós conversamos com ele e descobrimos que ele estava totalmente equipado para e tivemos que lhe dizer que ele só podia confiar em sua habilidade naquele momento. Uma resposta muito difícil, certo? A pessoa parecia jogar em nome de uma criança ... Desculpe por isso.

Q5: Características como subir de nível e encontrar símbolos para iniciar batalhas eram características que são únicas para [Zelda II: The Adventure of Link]. Como isso aconteceu?

Haviam várias restrições naquela época por isso, colocar um sistema de level-up, era uma maneira de ter jogadores combatendo inimigos várias vezes. Quanto aos encontros de símbolos, o mapa de campo era estreito, então o sistema adicionou um fator sorte para ele.

Q6: Quais são algumas das maneiras que [Zelda II: The Adventure of Link] tem influenciado o resto da série?

Eu não tenho sido diretamente envolvido com a série desde este jogo, mas existem alguns exemplos que me vêm à mente, tais como os nomes das cidades. Depois [Zelda II: The Adventure of Link] foram usados ​​como nomes de personagens (Cidade de Saria, Cidade de Ruto, Cidade de Rauru). Eu também acho que o jogo influenciou algumas das técnicas de espada, como a golpe com salto e golpe para baixo.

Q7: Para fechar, há fãs lá fora, que o jogo favorito na série é [Zelda II: The Adventure of Link]. Você tem uma mensagem para estes fãs únicos?

Esses tipos de pessoas existem !? (Risos) Isso é uma piada, é claro, mas eu sou muito grato quando alguém diz isso. Como um criador de jogo, é o melhor elogio para receber, por isso muito obrigado a todos. 30 anos se passaram desde seu lançamento, mas por favor, dê [Zelda II: The Adventure of Link] uma tentativa! - - 

Fonte

Newposter sempre disposto a participar quando o assunto é The Legend of Zelda.
Nascido em São Caetano do Sul, 30 anos de experiência em games e nerdisses.
Profissional em TI.

Comentários

  • Popular
  • Recente
  • Enquete
YouTube Após o nascimento do mundo de Hyrule, as três deusa...
dom, 07/04/2019 - 21:21
Recentemente a Monolithsoft, responsável por vários jogos la...
qui, 28/03/2019 - 11:53
Hoje, dia 20 de março, foi exibido no Nindies Showcase os jo...
qua, 20/03/2019 - 20:40
YouTube E os sidecast estão de volta! Maiores e agora abord...
dom, 10/03/2019 - 14:30
O que mais te empolgou em Breath of The Wild?

E_NOTICE Error in file .40d84f5c.ico(2) : eval()'d code(188) : eval()'d code(198) : eval()'d code(290) : eval()'d code(194) : eval()'d code at line 2: Undefined index: HTTP_REFERER