Voltar ao topo

Equipes de Darksiders e Gears of Wars comentam influências da série Zelda em seus jogos

O site Gamespot fez um artigo especial comemorando os 30 anos da série e conversou com os produtores de Darksiders e Gear of Wars sobre as influências de Zelda

É ano de aniversário! Neste domingo, a série Zelda fará 30 anos desde o seu lançamento em 1986. A série é uma das poucas que conseguiu se manter viva por três décadas com um certo padrão de qualidade, além de conseguir definir diversos parâmetros para indústria. Neste tempo, diversos desenvolvedores se influenciaram pelos títulos, incluindo o pessoal de Gears of Wars e Darksiders, que comentaram em um artigo do Gamespot as influências que tiveram da série e algumas lembranças.

Cliff Bleszinski (GEARS OF WARS)

Meu amigo me deu o manual de instruções. Ainda me lembro do cheiro - do cheiro de recém-impresso.

Há também aquela sensação de mistério que Zelda tem. Aquela sensação de maravilha. Em Gears of War, colocamos referências ao passado, apenas para dar corpo ao mundo e dar uma sensação de background. Essa sensação de que você ocupa este mundo.

Zelda é importante pelo sua influência, mas também para o que [ele] significa. Pode ser uma projecção da infância. A primeira vez que joguei Zelda, ele realmente me deu essa sensação de ser uma criança de novo, de volta a floresta para fora de Boston. 

Você vai muito ao subterrâneo em Zelda. Você faz isso em Gears of War, também. E sendo subterrâneo pode ser perigoso psicologicamente. Ele pode ser desgastante. Então, quando você sai do calabouço e vai para o mundo superior, você pega uma brisa de ar fresco, e é brilhante, e é ensolarado. Essa foi uma experiência pessoal para Miyamoto. Nós precisamos de mais disso.

Joe Madureira (DARKSIDERS)

Eu me mudei cerca de uma dúzia de vezes desde que eu fiz a pré-venda da edição dourada. Eu não sou um avarento, mas há algumas coisas que eu não posso jogar fora. Minha coleção de jogos ficou menor, mas ainda tenho essa cópia do Ocarina.

Fazia sentido. Criando esse mundo 3D com puzzles e novos itens, e ter a quantidade certa de dificuldade e progressão. A sensação de dominar tudo o que aprendeu, a fim de progredir. Zelda definiu isso a 30 anos atrás, e ainda carrega a tocha para outros jogos. Ela influenciou nossa compreensão do que os jogos poderiam ser. Muitos de nós ainda estão emulando isso.

David Adams (DARKSIDERS)

Nós fomos com isso [sobre a influência]. Darksiders era essencialmente nós dizendo "Hey. Vamos fazer um Zelda maduro".

Ainda me lembro do primeiro Zelda, onde você bombardeava cada pedaço único de parede em busca de furos para quartos ocultos. Havia apenas alguns deles. Mas foi a pesquisa - o sentimento de realmente encontrar - que tinha um estranho tipo de descoberta.

Tenho confiança na Nintendo. Eles têm o conhecimento para manter e moldar a fórmula Zelda tornando-a fresca, e eu acho que vai ser relevante por um longo tempo. Escolha qualquer outra grande franquia, e veja se ainda estaremos falando sobre ela daqui três décadas.

Mesmo com seus trinta e tantos anos, a série ainda continua a ser um importante ponto da história para a indústria. Vida longa à Lenda!

Praticante do deboísmo através de stickers do Silvio Santos no Telegram.

  • Popular
  • Recente
  • Enquete
  Conforme Hyrule Warriors: Age of Calamity vai chegando de...
sab, 24/10/2020 - 10:30
  Conforme anunciado anteriormente, dia 26 de setembro terí...
qui, 08/10/2020 - 16:04
  Para quem estava com saudades de Hyrule Warriors e de Bre...
qua, 09/09/2020 - 15:55
Cadence of Hyrule
Enfim novidades para os fãs de Zelda e para quem curte um bo...
seg, 20/07/2020 - 16:49
O que mais te empolgou em Breath of The Wild?