Voltar ao topo

Review: Majora's Mask 3D

O trailer de anúncio de Majora’s Mask 3D mostrou muito bem do que se trata o jogo: O tempo. Os relógios espalhados por toda Termina estão aí pra lembrar que o tempo não para nunca, que em três dias a Lua vai cair e que você precisa salvar o mundo. Será que você consegue parar a Lua? Será que conseguirá ajudar todas as pessoas em Termina? Vai resgatar os gigantes? Será que meu review irá agradar a todos?

Majora’s Mask 3D, lançado em Fevereiro, é o remake do Zelda mais diferente da série. Originalmente lançado em 2000, o jogo possui recursos únicos, como um ciclo de três dias e a utilização das máscaras. É um dos poucos jogos também nos quais não temos uma grande participação da Triforce, da Master Sword e alguns elementos característicos da série, gerando uma grande divisão nos fãs - Se uma parte não vê nada demais no jogo, outra o considera o melhor da série.

E se três dias é insuficiente para salvar o mundo, quem dirá um ano para fazer um jogo totalmente novo no 64. Dessa vez, além da atualização gráfica, Majora vem com a adição de recursos do 3DS, além de algumas modificações para ajudar os jogadores que não estão familiarizados com seu sistema único do jogo.

Deseja voltar ao amanhecer do primeiro dia?
► Sim
    Não

Uma revisão em Termina

Majora’s Mask 3D, lançado em 13 de Fevereiro, é o segundo remake da série para o 3DS . Como utiliza a mesma engine de Ocarina of Time 3D, praticamente todos os recursos do jogo anterior estão presentes, de forma otimizada assim como aconteceu em 2000, ao utilizar a base original de Ocarina of Time do 64.

Com as texturas atualizadas, o jogo aprimora seu visual - E fica melhor em 3D! Os personagens ganharam mais detalhes, além do jogo fluir em 60fps, fazendo tudo parecer mais bonito. O layout da tela original é praticamente o mesmo de Ocarina, com a adição da aba para acessar as máscaras ao lado dos itens, deixando a aba para os equipamentos à esquerda. Quando a Tatl quer dizer algo, você utiliza o direcional direito e não mais o ícone de primeira pessoa, fazendo com que você possa mudar a visão quando quiser, sem a fada te interferir.

Os controles por giroscópio continuam opcionais, além do uso de itens pelos botões X e Y junto com os dois slots adicionais. É possível até arrastar os itens para assigna-los aos botões desejados (obrigado A Link Between Worlds). O mapa foi totalmente melhorado: A tela inferior mostra o mapa da região que você está atualmente, com a possibilidade de dar zoom ou pausar o jogo para explorá-lo - Diferente de Ocarina, que era um mapa fixo.

Se você possui o New 3DS, terá algumas vantagens: O C-Stick é utilizado para movimentar a câmera, funcionalidade que se encaixa muito bem, uma vez que o seu único controle é com o Z Target (Dica: O CirclePad Pro também é compatível para controle caso você não tenha a nova versão do portátil). O efeito 3D com o facetracking, tecnologia que acompanha seu rosto pra não “embaçar” a tela ajuda durante o uso do giroscópio. A decepção fica pros botões extras - ZR e LR são usados para… nada. Poderiam receber os itens “I e “II” da tela inferior.

Deseja voltar ao amanhecer do primeiro dia?
► Sim
    Não

Corrigindo detalhes, sem perder a essência

Majora’s Mask 3D é o remake do jogo original de 64, feito praticamente em um ano, sucessor de Ocarina of Time. É claro que essa correria levaria à algumas decisões de design - propositais ou não - trazendo um desafio à equipe da Grezzo: Como manter o jogo original e ao mesmo tempo atrair outros jogadores?

Algumas coisas foram corrigidas: O Caderno dos Bombers agora está bem mais prático, registrando as atividades dos personagens que você conhece e seus eventos relacionados. É possível também ver a rotina dos mesmos numa espécie de timeline, configurando a Tatl pra lhe dar um aviso referente a alguma atividade no caderno.

Os pontos de teletransporte são os mesmos, porém o jogo possui mais pontos de save - como é um portátil e você pode parar de jogar qualquer hora, é importante conseguir salvar. Na canção do Double Time, é possível selecionar a hora exata em que deseja parar. Uma mudança que chama atenção é a movimentação de Zora pela água: Agora ele nada em uma velocidade menor, sem pular na água. O antigo de jeito de se mexer só acontece quando você segura R, naquele modo que ele cria o campo de energia. Isso provavelmente foi feito para ninguém mais ficar ricocheteando dentro de Great Bay Temple. Mas não se preocupe: Em último caso, é só comprar um chateau romani que você pode brincar de golfinho novamente.

Por mais que o jogo também contenha algumas placas com algumas dicas, o jogo não é tão acessível e atrativo pra quem desgostava da versão original. É claro, tudo isso tem a ver com o sistema único do jogo e caso alterassem muito a fórmula, haveria o risco de estragar. Entretanto, quem amava a versão original tem mais motivos para jogar: A posição de alguns coletáveis foram trocadas e o tempo com a Song of Time invertido passa mais rápido que a versão original.

No fim, é como se fosse um chocolate Lolo, que sumiu e foi substituído pelo Milkybar - Embora apresentado de uma maneira um pouco diferente, a fórmula é a mesma.

Deseja voltar ao amanhecer do primeiro dia?
► Sim
    Não

Aquela história das sidequests

Majora’s Mask 3D, lançado em Fevereiro, é o terceiro Zelda disponível para o portátil - os outros são Ocarina of Time 3D e A Link Between Worlds. É um jogo que não teve tanta atenção na época de seu lançamento original por vários motivos - É uma espécie de “spinoff”, por não possuir uma história relacionada com a Triforce e afins e foi lançado no fim de vida do Nintendo 64. Se Link era o centro das atenções em Ocarina of Time, agora ele é de certa forma, esquecido.

“Mas o herói do tempo que salvou Hyrule é deixado de lado?” Sim, e até de certa forma por ele mesmo. Link embarca em Termina em busca de uma amizade que acabou se perdendo no meio do confronto contra Ganon, caindo em um lugar em que ninguém conhece o herói e suas façanhas.Link assume diversas formas - Deku, Goron e Zora - que vão além de mudar suas habilidades. As máscaras carregam desejos e histórias de outros, sendo uma opção de Link passá-los adiante ou não.

Você pode voltar no tempo todo instante ou simplesmente ficar parado dentro da torre do relógio junto com o vendedor de Máscara (único local em que o tempo não passa)? É claro. Mas é impossível correr de tudo. É impossível não ajudar a fada recuperar seu irmão, é impossível ignorar o menino solitário que está apenas brincando com o mundo, é impossível deixar de ajudar os amantes que querem se encontrar. E é ai que você percebe que o mundo não gira em torno de você, mas você faz girá-lo.

Deseja voltar ao amanhecer do primeiro dia?
► Sim
    Não

O amanhecer de um novo dia

Três dias, três partes de texto… É tudo muito pouco pra entender o que se acontece num jogo, não? Por isso é necessário rever e rever e rever para compreender o que acontece em nossa volta. A atmosfera única de Majora’s Mask nos dá a oportunidade de compreender o que acontece no mundo. Além disso, mostra como você, mesmo não sendo o grande centro das atenções, é necessário para manter as engrenagens girando e fazer com que tudo funcione no final.

Eu poderia fazer enormes parágrafos dizendo sobre como Stone Tower é a melhor dungeon da série, como as ambientações do jogo são sensacionais, sobre o sistema de rotina dos NPC’s, mas isso todos nós já sabemos faz quinze anos. O que me faz mais gostar ainda de Majora’s Mask (e até considerá-lo como um dos que me melhorou como pessoa) é como aprendemos que as coisas sempre começam conosco e é nosso dever levar adiante as máscaras com as felicidades das pessoas.

E se no jogo, você precisa voltar no tempo para observar e entender melhor o que se passa em Termina, seria o remake em 3D uma oportunidade de recomeçar do zero e compreeder melhor o que se passa em Majora’s Mask?

Deseja voltar ao amanhecer do primeiro dia?
► Sim
    Não

Mago das palavras e defensor do brócolis com filé de frango, vê Waluigi como um exemplo de vida a ser seguido

Comentários

  • Popular
  • Recente
  • Enquete
Nos dias 6, 7, 8 e 9 de dezembro, São Paulo parou com a quin...
dom, 16/12/2018 - 10:55
Nessa semana, nos dias 06 a 09 de Dezembro, ocorrerá a quint...
seg, 03/12/2018 - 20:10
No último dia 21 de Novembro, o mundo comemorou o 20º aniver...
sab, 01/12/2018 - 20:40
Duração: 1 h 45 min 21 s YouTube Download mp3 (73,1 MB)...
qua, 31/10/2018 - 20:18
O que mais te empolgou em Breath of The Wild?